4 de abril de 2009

PILLOW FIGHT EM SALVADOR


O que aconteceu ontem em Salvador foi uma surpresa para mim. Era pra ter sido um flash mob, mas não foi. Era pra ter sido inusitado, mas não foi. Era pra começar 17h, mas começou 17h30. Era para ter sido uma Pillow Fight de acordo com as regras do World Pillow Fight Day, mas elas não foram seguidas.
Mas foi divertido, isso foi. A galera se empolgou, bateu, apanhou, teve grito de guerra e tudo. Depois, hora de catar o lixo... mas aí lembramos que não houve o 2º round! Volta todo mundo para o segundo momento da batalha de travesseiros. Agora sim, hora que recolher todo o resto dos travesseiros (que não eram de pluma). Quem teve fôlego encarou a saideira, uma tentativa de 3º round e... a galera não dispersou. Já passava das 18h quando a maioria saiu para um barzinho na Barra, uma espécie de confraternização entre os sobreviventes.
É difícil tentar justificar o que aconteceu, mas certamente foi uma tarefa difícil organizar o 1º Pillow Fight Day em Salvador. Até um megafone foi utilizado para anunciar o início. As pessoas não entendiam porque não havia começado, a desculpa foi esperar a chegada dos retardatários. Alguns travesseiros já estavam expostos após a longa espera entre 17h e 17h30 e a aglomeração chamou a atenção de muita gente. No fim, não passou de uma grande brincadeira. Esperamos que, no próximo ano, Salvador aumente o número de participantes e faça deste um evento-espetáculo, como tem que ser.

Veja aqui um vídeo e fotos do Pillow Fight em Salvador.

11 comentários:

Louli Soares disse...

Ehehe, valeu pelo post, meninos!
Realmente, essa foi também a minha visão do evento... Mas foi o primeiro, um 'teste'... e deu certo!

Tentaremos juntos, organizar as próximas edições do evento, de forma melhor, para que certas situações não atrapalhem o andamento do mesmo: atrasos, etc... E para que seja realmente um FLASH MOB!!!

Mas foi bom, como vocês disseram, e valeu a pena! Acho que é mania de baiano ser diferente, porque inventaram foi coisa... até 2° round! hehe

beijos!

Danilo FreitaZ disse...

Eu também participeeeeeei
aehioaehioaeheae

Rafic Ramos disse...

Opa, pena que não deu para ir, mas deve ter cido bom mesmo, e Baiano tem que ser diferente mesmo, a intesão foi cumprida, chamar a atenção, aposto que muitas pessoas depois foram pesquisar sobre o evento...

é isso ae, prá FRENTE...

FRENTE disse...

Louliane: apesar do atraso tudo ocorreu bem! ano que vem com certeza vai ser melhor...
esperamos estar juntos!

Larissa Santiago disse...

foi massa!
adorei fazer parte de uma mobilização que aconteceu ao redor do mundo!!!!

Rodrigo disse...

Acho uma parada meio sem sentido, mas tem lá seu valor...

Jorge Leberg disse...

Muito legal esse blog. Muito conteúdo em textos concisos - concisão é uma palavra que não conheço tanto, rsrs. Adorei o layout.

E eu também sou baiano - de criação, de nascimento pernambucano. Viva a baianidade, nossa galera muito massa.

Itaninha disse...

Eu nem acredito que sobrevivi ao pillow fight!!! O pessoal sem noção levou um monte de travesseiro duro, ainda bem que não conheci o "moicano" (piada interna).

Enfim, me diverti muitooooo e adorei! Ano que vem estarei lá de novo, e desta vez sem óculos =D rsrsrsr

bjos

george araújo disse...

q bom q a FRENTE estava lá!
nesse momento histórico...hehe

as guerrilheiras foram mais guerrilheiras do q nunca, né!?
PARABÉNS!


bjo
e ano q vem tem mais! e melhor!
>>

Anônimo disse...

POXA.......FALTOU EU....

EU QUERIA TER IDO..NINGUÉM ME AVISOU NADA.

:-(

RENATA LÚCIA

prima disse...

POXA.......FALTOU EU....

EU QUERIA TER IDO..NINGUÉM ME AVISOU NADA.

:-(

RENATA LÚCIA=titia biscoita