17 de fevereiro de 2009

OUTRO LADO DO CARNAVAL


Avenida Sete, Avenida Oceânica, Praça Castro Alves são alguns dos muitos lugares por onde passam milhares de pessoas para brincar o carnaval de Salvador. Porém, para outras pessoas o carnaval não é brincadeira coisa nenhuma: é negócio e dos sérios!
Para os patrocinadores, para os donos de buffet e também e principalmente para o que chamamos de "mercado informal", ou em bom baianês camelô!
Esse caras [e mulheres] que estão no dia-a-dia dos ônibus não deixam de aproveitar a oportunidade do jeito que podem, vendendo desde balas até capas de controle remoto e de brinde ainda dançam ao som das melôs do carnaval. Hoje, indo ao outro lado da cidade vi e ouvi um dos mais profissionais desses caras: Adelmo vendia dvds piratas* sobre aquecimento global e deu um show, falando da Cordilheira dos Andes, Egito e Pantanal. Andando mais um pouco, me deparei com isso: prático, conveniente e que chama atenção, o vendedor adaptou o carrinho de bebê e disse que faz sucesso: "vendo um pouco melhor nessa época".
Tempo de festa pra uns, tempo de trabalho pra outros e não adianta tentar fugir do circuito indo pro outro lado: carnaval contagia todo mundo, e te pega na primeira esquina.

*a Frente Guerrilha diz não a pirataria
** foto de Sebastião Bisneto

11 comentários:

Nanda Assis disse...

eu adoro comprar bugigangas adoro demais!!!

bjosss...
♥♥

Vitor Vilas Bôas disse...

Fecho os olhos e apenas ouço o que o mundo tem a oferecer... mas tomando cuidado c a marcha da polícia que aproveita a época para bater, e bater, e bater, e bater...

george araújo disse...

o carnaval de salvador virou um negócio d gente grande... tem gente q ganha dinheiro nessa época pra se sustentar o resto do ano. é mole?
enqnto muitos se divertem, tem os q trabalham e ainda os q se divertem trabalhando...

toda essa gente irradia,...magia!



beeeeeeeeeeeijo
>>

Larissa Santiago disse...

e nós aki, trabalhando!

meus instantes e momentos disse...

ótimo blog, muito bom.
Maurizio

Deo Araújo disse...

Ahhh carnaval eh carnavalll
Até quem ta trabalhando se diverte
E uma coisa de lokoo!

E dalila? já foi buscar??

AHHAUhUAhA

Bjo!

Rafic Ramos disse...

Rapaz... Por mim aconteciam dois carnavais por ano... hehehe ae eu curtia um aqui outro em Recife... E é isso mesmo... O povo tem que correr atrás de grana... Mesmo que seja apenas por um período... Não viver apenas de bolsa família... Só não concordo com as condições que são postas pelos empresários e organizadores desta festa... Principalmente os cordeiros e as pessoas que montam barracas... é uma burocracia muito grande, uma falta de respeito e consideração... Essas pessoas precisam ser mais valorizadas, por que sem elas o carnaval não funciona também né?... O povo esquece disso...

Itaninha disse...

tem q se virar nos 30! mas o povo tem q apelar para a criatividade o ano todo e não só no carnaval... q por sinal passou voando e já deixou saudades!rsrs

Celine Ramos disse...

Tudo vira possibilidade de lucro, ou de sair do prejuizo.

beijos

Saude Corporativa disse...

E agora volta tudo ao normal..e temos que estar bem dispostos ao trabalho. Bem estar sempre.
Bjos

Arya disse...

Hi Larissa,
I'm from Indonesia, greeting from far away country..
It's to be here at your cute blog..
Thank you